Briefing: Porto de Santos para o mundo.

Maior Complexo Portuário do Brasil, o Porto de Santos, com sua importância histórica desde o século XVI, quando, nos primórdios movimentava basicamente matérias-primas que eram abundantes no Brasil Colônia, como a cana-de-açúcar e o pau-brasil, sendo enviados para a Europa e Portugal, enfrenta desafios para a expansão devido a questões que podem ser superadas. Os portos possuem suma importância na economia de uma nação pois representam a entrada e saída de tudo o que o país é capaz de produzir, receber e enviar para outros países e continentes dos quais o país tenha ou pretenda ter negócios comerciais - sendo fator preponderante para novos negócios.

O Porto assume o papel estratégico de melhor atender a demandas por recursos de maneira globalizada, devido a competitividade de outros super portos que buscam por operações portuárias com segurança e rapidez. A modernização do porto de Santos esbarra nas questões políticas, pois a expansão e modernização do porto depende de espaço físico que a zona do canal portuário não oferece, e, como é sabido, nosso porto não está em mar aberto, dificultando a expansão para anexos portuários dado a profundidade do canal (calado operacional) e embarcações maiores não possuírem atracadouros compatíveis.

O Porto de Santos movimenta quase 33% das relações comerciais brasileiras e gera cerca de 33 mil empregos diretos e indiretos para a Baixada Santista (Fonte: Porto de Santos). As vias de acesso também possuem importância estratégica para a movimentação deste eixo porto-logístico, assim como os super portos de Rotterdam (Holanda) e Shanghai (China), a infraestrutura de rodovias e ferrovias forma a rede de distribuição que transporta toda mercadoria que passa pelo porto.

Saiba mais sobre o Porto de Santos (Oficial).